quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014

Benção de Ares


Os leitores de Percy Jackson devem se lembrar que os heróis semideuses recebem bençãos de seus pais divinos.Em O Último Olimpiano, durante a batalha em que a filha de Ares, Clarisse perde uma amiga por causa de um Drakon, podemos ver a Benção de Ares no trecho a seguir:


Clarisse guiou a carruagem até a couraça do drakon e passou uma corda por suas cavidades oculares. Chicoteou seus cavalos e decolou arrastando o drakon atrás da carruagem como se fosse um dragão chinês de ano novo. Ela se lançou contra o inimigo, gritando insultos e ousando abrir caminho entre eles. Enquanto cavalgava, percebi que estava literalmente radiante. Uma aura de fogo vermelho tremulava ao seu redor.– A bênção de Ares – Thalia disse. – Eu nunca tinha visto isso pessoalmente.Por um momento, Clarisse estava invencível como eu. O inimigo jogava lanças e flechas, mas nada a acertava.– EU SOU CLARISSE, MATADORA DE DRAKONS – ela gritou. – Eu vou matar todos vocês! Onde está Cronos? Tragam-no! Será que ele é um covarde?– Clarisse! – Eu gritei. – Pare. Recue!– Qual é o problema, senhor Titã? – ela gritou. – VENHA ATÉ AQUI!Não houve nenhuma resposta dos inimigos. Aos poucos, eles recuaram para trás de uma parede de escudos das dracaenae.Enquanto Clarisse circulava em volta da Quinta Avenida, ninguém ousou cruzar o seu caminho. A carcaça de um drakon de setenta metros de comprimento batia contra o pavimento fazendo um barulho como de mil facas raspando o concreto.

 

Copyright @ 2016 Decidindo-se .

Traduzido Por: Templateism