sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Entrevista com a autora Paula Pagliarini

A entrevistada de hoje é a autora Paula Pagliarini, escritora do livro O Segredo Dos Elfos! Gaúcha como eu (Quanto orgulho do RS gente!) e assim como muita gente, teve o primeiro contato com a leitura a partir da série que todo mundo ama (Se não, deveria.): Harry Potter, por incentivo do avô. Super simpática e talentosa ela aceitou fazer uma parceria com o blog! 

Sobre o Autor: Paula R. Pagliarini nasceu em 1989. Gaúcha, graduada em Psicologia, mora em Passo Fundo – RS. Quando criança, sua paixão pelos livros de fantasia foi incentivada pelo avô ao adquirir um exemplar de Harry Potter e a pedra filosofal. O forte sentimento de que poderia tornar a magia real a levou a alimentar o sonho de escrever e dar vida aos personagens que criava apenas em sua imaginação. A realização aconteceu por meio da primeira obra: O segredo dos elfos. As páginas e os personagens ganharam vida entre um chimarrão e outro e a obra é a concretização deste sonho.

Sem mais delongas, segue a entrevista:

Qual sua relação com a leitura e a escrita? Escrever é uma grande paixão, é tornar real e palpável todos os meus pensamentos, usar da criatividade e trabalhar em cima da minha criação. Meus personagens ganham vida nessas histórias e tenho oportunidade de contar e dividir histórias que antes eram apenas minhas.

Antes de escrever o "O Segredos dos Elfos" você já tinha pensado em escrever um livro? O Segredo dos Elfos é o segundo livro que escrevo, eu era muito insegura em relação a habilidade de escrever e também quanto a minha própria criatividade, contudo trabalho em um projeto que se iniciou antes d’ O segredo dos Elfos que é um livro em parceria com minha amiga e escritora Débora Mattana autora de Anseio da série A disputa do coração. Espero que até o fim do ano este projeto também esteja concluído.

Como foi a elaboração dos personagens? A primeira personagem que criei foi Anabel, inicialmente eu pensava em suas características, antes de sequer decidir que ela seria um elfo. As características psicológicas que construí para ela facilitaram a escolha de como se desenvolveria o livro, como ela serie? Quem ela seria? Todos as personagens foram escritas desta maneira, pensando inicialmente em quem eles seriam para depois decidir o que fariam. O último que criei foi Gabriel e fiquei muito satisfeita com a desenvoltura dele.  Procurei organizar as personagens de modo que elas ficassem harmônicas entre si, e os fui criando observando as relações e interações humanas.

O que te levou a separar a sociedade do livro pela cor dos olhos? Uma crítica à nossa sociedade, talvez? Sim, é uma pequena critica a nossa sociedade atual, onde o “status” vale mais do que a pessoa em si. Os valores da sociedade atual estão um pouco distorcidos, sem generalizar, mas aquilo que você tem para uma parte da população é mais valioso do que conhecer quem você é. Em Alfheim ocorre o mesmo, um lorde ou alguém da realeza não se dirige a palavra a um guerreiro a menos que queira e o guerreiro só pode falar se este for o desejo da realeza.
  
Quais as principais dificuldades na elaboração do livro? E quanto a busca de editoras? Para mim foram as brechas que em alguns momentos no desenrolar da história apareciam, então eu tinha que pensar e refletir para que essas brechas não ficassem no livro, portanto, voltei ao início várias vezes para que o final completasse um ciclo sem deixar nenhuma parte mal explicada ou confusa. A busca por editoras tem que ser feita com muito cuidado, principalmente no que se refere ao estilo de livro, no caso d’ O segredo dos elfos, infanto-juvenil e literatura fantástica, foi necessário fazer uma busca para saber quais editoras publicam o estilo

Algum conselho a dar aos escritores que ainda não tem seu livro publicado? O mercado de editoras hoje é muito grande, apesar dos nossos talentos nacionais não serem tão incentivados quanto os autores de renome internacional, acredito que pouco a pouco estamos encontrando nosso espaço. Então a dica é procurar uma editora que publique o estilo de livro que você escreve ou fazer uma publicação independente e em ambos os casos a divulgação é muito importante, converse com as pessoas sobre seu livro, pessoas que gostem de ler sempre indicam livros para amigos e outras pessoas, assim acaba-se atingindo um maior número de pessoas e, é importante sempre estar acessível e ser educado, mesmo que a crítica não seja tão positiva, é necessário ter consciência que nem todo mundo vai gostar do seu livro.

O que acha dos "assíduos jovens leitores" de hoje em dia? Para ser sincera este é meu maior orgulho, também sou uma assídua leitora e procuro ler e me interessar por todos os estilos, preciso ler um pouco todos os dias para ficar feliz e sinto que cada vez mais as pessoas estão lendo e sinto muito orgulho e admiração por essas pessoas que leem assiduamente. Acredito que quem diz que não gosta de ler ainda não encontrou um livro que prendesse a atenção e transportasse para outro lugar. Podemos viver mil vidas quando lemos livros diferentes e fico sinceramente entusiasmada com os leitores de hoje em dia.   

Qual a música perfeita para seu livro? Fairy Tale – Shaman.
  
Você teve alguma inspiração para a criação do livro? Eu jogava muito RPG quando era mais nova e de vez em quando se me interessa ainda jogo, posso dizer que me inspirei um pouco nesses jogos. Além disso J. R. R. Tolkien, gosto muito da terra média que ele criou e isso foi de forte inspiração para que eu pudesse dar vida aos elfos do livro, apesar da minha musa ser J. K. Rowling.

Quais seus hobbies, além de escrever? Eu leio muito e adoro. Além disso eu gosto muito de assistir séries e animes. (Ela assiste Fairy Tail!! Tem como não gostar?!)

A história tem muito potencial a ser explorado. A pergunta é: Vai ter continuação? E se tiver tem algo a nos adiantar? Sobre isso tenho pra dizer que ainda tenho muito a contar sobre Anabel e seus amigos. Então sim, pretendo continuar e quanto a adiantar alguma coisa, após o lançamento vou liberar 2 capítulos da continuação

Agora só nos resta esperar pela continuação, não é? Por isso eu imploro: Paulaaaaa agilize ai POR FAVOR! rsrsrrsrs

E para quem quer saber mais sobre o livro sugiro que leia a resenha feita pelo blog.

Agradeço novamente a autora por ter me dado a oportunidade de ler seu livro! Eu gostei muito. Além disso, agradeço novamente por ter concedido a oportunidade de entrevista-la. Muito obrigado mesmo!

E caso alguém queira comprar o livro, segue os links:

 

Copyright @ 2016 Decidindo-se .

Traduzido Por: Templateism