sexta-feira, 13 de maio de 2016

5 Lições de vida ensinadas em Game of Thrones

Com a estreia da sexta temporada da mais aclamada série de tv da atualidade, todo o sucesso de Game of Thrones por muitas vezes é atribuído simplesmente aos muitos apelos sexuais e as fortíssimas cenas de ação. Mas não é bem por ai, apesar de ser uma série forte e de fato não ser um daqueles programas ideais para serem assistidos nos domingos a tarde com a família toda reunida, podemos extrair valiosíssimas lições de vida para seguirmos. Tais como:


1- Dependendo do ponto de vista, todos são protagonistas. 

Como é de conhecimento geral entre os fãs da série, não temos um protagonista especifico. Todos os personagens apresentam um elevado grau de importância para o seguimento da trama. Muitos admiram o meio-homem conhecido como Tyrion, já outros preferem a mãe dos dragões, Daenerys precedida de seus mil e tantos títulos. E como sempre, tem aqueles divergentes que preferem o lado negro da força. Poiseh, o espirito gótico dentro de nós fala mais alto e acontece uma admiração quase que imediata pelo bastardo Jon Snow. Mas apesar de esses três personagens representarem uma significativa importância na série, todos os outros também contaram com significativas participações. Ou seja, por mais medíocre que você se sinta, anime-se pois dependendo do ponto de vista, você também pode ser considerado uma pessoa importante na vida real.


2- Todos tem direito a uma segunda chance.

Isso mesmo. E não há exemplo melhor do que a Melisandre para exemplificarmos isto. Antes ela era tachada como bruxa do mal por quase todo mundo, acreditando que o Azor Ahai era o Staniss e fazendo de tudo para leva-lo ao poder, até mesmo utilizando-se de golpes nada éticos. Com isso acabou adquirindo o ódio de muitos, mas ainda assim tendo seus fãs. Mas ao final da quinta temporada a misteriosa Melisandre fez algo que não agradou a todos, queimando a inocente Shireen Baratheon, filha de Stannis, em uma fogueira. Esse fato gerou uma repercução danada, e muitos deixaram explícitos os seus desgostos. Mas com os recentes episódios da sexta temporada a situação mudou. A sacerdotisa de R'hllor realizou algo que todos queriam, tendo assim uma nova chance de redimir-se, ganhando a admiração de muitos, com direito até mesmo a apelido carinhoso: Mel. Então não fique pra baixo. Está sendo zoado? Fez algo de Errado? Acalme-se, respire fundo, puxe uma cadeira e espere a sua segunda chance chegar, vai que sua vida mude da água para o vinho como a da "Mel"? uehueeh


3- Por mais que a sua situação não esteja favorável encare-a com bom humor. 

Problemas na vida todo mundo tem, mas nem todos se comparam com a situação catastrófica que o Tyrion Lannister se encontra. Ele é um anão. Sua mãe morreu durante o seu parto e por conta disso cresceu sendo culpado pelo seu pai. Sua irmã e irmão, que por coincidência possuem um relacionamento incestuoso, nunca o levaram a sério. Não do mesmo modo que seu irmão mais velho te trata. Muito pior, já que na época medieval tudo é mais intenso. Enfim, ele cresceu sofrendo abusos familiares, sendo chamado de Duende, anão, dentre outras coisas. Literalmente, a ovelha negra da família, que aliás, é uma das famílias mais ricas de Westeros. Apesar de todo esse descaso, ele não se deixou abater, sempre levou as coisas na base de seu humor peculiar e no consumo de muita bebida. Inteligente, modesto e orgulhoso, o anão mais amado das telas de tv sempre conseguiu se livrar até das piores situações de formas extremamente surpreendentes e inusitadas. Resumindo: Encare a vida assim como Tyrion Lannister.


4- Até mesmo as causas mais complicadas tem soluções. 



Agora eu não poderia deixar de usar como exemplo a história de superação da tão amada Daenerys Targaryen, Filha da Tormenta, a Não Queimada, Mãe de Dragões, Rainha de Mereen, Rainha dos Ândalos e dos Primeiros Homens, Senhora dos Sete Reinos, Khaleesi dos Dothraki, a Primeira de Seu Nome, ou, simplesmente, Dany. Dany é uma das últimas Targaryens juntamente com seu irmão Viserys. Ambos tiveram que fugir de seu continente natal, Westeros, abandonando um reinado que era de sua família juntamente com os corpos já sem vida das mesmas. Dany cresceu sem lar, vagando por continentes estranhos e desconhecidos, apenas ela e seu irmão, o qual tentava de todas as formas conseguir um exército para tomar o que lhe é de direito; O Trono de Ferro. Em uma das loucuras de seu irmão Daenerys é prometida em casamento para um selvagem que nem sua língua falava. Muito jovem e ingênua ela só obedece as ordens de seu irmão, casa-se com o selvagem, e começa a fazer parte daquele povo estranho e do qual nada sabia. Daenerys conquista o amor de Khal Drogo, o selvagem, e encontra ali a felicidade. O Destino era promissor para essa jovem, mas como sabemos, felicidade de pobre dura pouco. Khal Drogo acaba morrendo e a deixando sem nada, sem rumo, sem chão. Seu Sol e Estrelas a deixou. Mas em vez de ficar chorando o leite derramado, ela ergueu a cabeça, entrou nas chamas que queimavam o corpo morto de seu marido e saiu de lá com três dragões, seres que até então eram extintos. Nos momentos mais difíceis ela encontrou a sabedoria e força para seguir em frente (pena que esse "em frente" nunca seja Westeros!) por isso é inacreditável acompanhar o amadurecimento dessa personagem, de uma criança ela tornou-se uma legitima rainha, mesmo que no reino errado. Por isso, quando tudo parecer estar dando errado na sua vida, encare os problemas, entre na fogueira, encontre sua força e saia de lá invicto.


5- Nunca comemore vitória antes da hora.


E por último mas não menos importante, aliás, de fundamental importância, NUNCA, em hipótese alguma, jamais, comemore vitória antes da hora. Oberyn Martell que o diga. Ele tinha tudo para ser o personagem mais foda da série, chegou chegando. Almejando vingança e aquecendo nossos corações necessitados de ver a bicho pegar e mostrar aos cretinos quem é que realmente manda. Mas algo dá errado. Na verdade tudo da errado. A luta protagonizada por Oberyn foi uma das melhores da série, sem dúvida nenhuma. Os fãs ficaram chocados ao ver o desfecho que ela teve, que cá entre nós, ninguém esperava, principalmente o Oberyn. Ele lutou bravamente, exibiu suas habilidades e fez o melhor para aumentar ainda mais o seu ego. Ao derrubar seu adversário no chão e vê-lo inconsciente, nada mais justo que erguer os braços para cima comemorando bravamente a vitória sobre esta luta, nada mais que justo, certo? Errado. Por isso, caso você não queira ter o mesmo fim que o Oberyn teve, não comemore vitória antes da hora. Fica a dica.


Enfim, estas foram algumas lições de vida que podemos extrair de Game of Thrones, então, viram só? Game of Thrones não é só violência e estupros. É também uma série educativa que nos prepara para a vida lá fora, por mais nefasta que ela possa parecer. uheueeuehuh. Então, concordam ou discordam das lições?

20 comentários:

  1. Adorei as lições! GofT é uma série riquíssima em vários aspectos. Gosto muito da força de algumas mulheres na série.
    Bom final de semana!

    http://jj-jovemjornalista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Ótimas lições! Já me indicaram muito essa série! Mas ainda não tive tempo de assisti-la infelizmente!!! =x

    Jéssica Patrício - pitadadecinemaeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ótimas lições! Já me indicaram muito essa série! Mas ainda não tive tempo de assisti-la infelizmente!!! =x

    Jéssica Patrício - pitadadecinemaeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. OIi, nunca assisti essa série mas bom saber que ela dá lições de vida além de "todo mundo morre" haha

    Beijos,
    Natália

    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. QUE POST GENIAL!!!
    Lição de vida 6: cuidado ao se apaixonar por um personagem hahaha
    Amo essa série, rica em vários aspectos! Cenário, personagens, roteiros e o que ensina.
    Muito bom.
    Bj


    IG: @saymybook
    www.saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Vini!

    Adorei as dicas! Eu não vejo GOT e nem li o livro ainda, mas gostei das lições de qualquer maneira, principalmente a última! rsrrs

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  7. Oi, Vinicius! Li só as dicas, não as explicações delas, porque pretendo continuar a assistir a série (vi alguns episódios da primeira temporada) e não queria spoilers! Ahahaha! Adorei as dicas, valem mesmo pra vida.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  8. Olá, Vinícius.
    GOT é a melhor série e realmente muito educativa. Dá para aprender muito com os episódios.
    Realmente, todos são protagonistas dependendo do ponto de vista. E ainda acho que Tyrion será o grande vencedor. haha

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  9. Eu to assistindo GOT, to indo pra 3 temporada, então não li muita coisa do post com medo de receber spoilers, eu só li os titulos msm pra me manter informada do que aprendemos e é realmente isso <3 eu to amando essa serie!
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ficou muito bom o post! Não curto GOT, mas sei que você só falou verdades mesmo haha principalmente quanto a todos serem protagonistas, nunca considerei que a série girasse em torno de um deles em específico, sempre foi algo bem amplo, e isso é legal da parte do autor. Ou não, já que ele mata todos hahaha

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Olá Vinicius!
    Na hora que li o titulo não pude deixar de pensar "Lições de vida ou lições de morte?" huehue
    Mas adorei e super concordo com algumas, principalmente sobre comemorar antes da hora e lidar com os problemas com bom humor.
    Bjs

    EntreLinhas Fantásticas - Participe do nosso SORTEIO do DIA DO ORGULHO NERD

    ResponderExcluir
  12. Adorei esse post, amo GOT! Essa primeira é muito real. Sou fã da Daenerys Targaryen.

    http://www.rabiskos.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oi, Vini

    Menino, que postagem bacana! Adorei a terceira lição, Tyrion é exemplo de "não tõ nem aí"! hahahaha
    E eu sou uma das que acha que a protagonista da série é Daeneryn! ♥

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  14. Oi, Vini!
    Amei o post.
    Eu chorei com a morte do Oberyn. Melhor personagem ali.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  15. Olá, Vinicius.
    Gostei muito da postagem. Eu amo os livros e gosto bastante da série de tv. Na série meu personagem favorito é o Tyrion e nos livros é a Aria. Essa parte de cantar vitória antes do tempo, vale para quase todos os personagens hehe.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  16. Oi
    eu preciso começar a assistir a 6 temporada, preguiça de começar.
    Realmente cada um tem seu momento de protagonista da série, eu gosto de vários personagens como a Aria.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Vinicius.
    Tudo bom?

    Gostei muito desse post, viu. Bom porque realmente as pessoas costumam causar burburinhos sem cima de uma coisa só, aquela que mais chama atenção e a coisa não ´s "somente isso". Eu não assisto a série, não li e confesso que não tenho vontade, mas tenho consciência do conteúdo bom que ela tem.

    Abraço.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Olá,
    'Nunca Comemore a Vitória Antes da Hora', hahahaha acho que foi o que mais aprendi. Queria ser mais como Tyrion, um dos melhores personagens ctz.

    tenha um ótimo final de semana.
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  19. Oi, Vinicius! Tudo bem? Ahhhhh adorei o post! <3 Eu curto muito GOT e concordo com várias coisas que você disse no post. Ahhh, Daenerys... Amo ela! <3

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Oi Vinicius,

    Embora não assista GOT, gostei muito do post, porque como você disse, são ensinamentos para a vida real. Me perdi em uma ou outra informação da série, mas gostei bastante. =)

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir

 

Copyright @ 2016 Decidindo-se .

Traduzido Por: Templateism