quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Resenha: Guerra do Velho - John Scalzi

A humanidade finalmente chegou à era das viagens interestelares. A má notícia é que há poucos planetas habitáveis disponíveis – e muitos alienígenas lutando por eles. Para proteger a Terra e também conquistar novos territórios, a raça humana conta com tecnologias inovadoras e com a habilidade e a disposição das FCD - Forças Coloniais de Defesa. Mas, para se alistar, é necessário ter mais de 75 anos. John Perry vai aceitar esse desafio, e ele tem apenas uma vaga ideia do que pode esperar. "Guerra do Velho" é frequentemente comparado a um dos maiores clássicos da ficção científica: Tropas Estrelares, de Robert Heinlein. O próprio Scalzi já confirmou que Heinlein é uma das suas maiores influências e que a obra foi escrita seguindo os princípios que ele acredita serem próprios da escrita do autor que tanto admira. Scalzi é um dos principais nomes da ficção científica contemporânea. Ganhador dos prêmios Hugo e Locus, o autor conquistou público, crítica e mercado. Em fevereiro de 2015, fechou um contrato com a editora Tor Books de cerca de $3,4 milhões, para publicar 13 livros nos próximos 10 anos. O canal SyFy está produzindo uma série de TV – chamada Ghost Brigades – como adaptação do livro, e a Paramount já comprou os direitos para levar a história para as telas do cinema.
Logo que a Aleph anunciou o lançamento deste livro eu já fiquei muito curioso, antes mesmo de saber sobre o que se tratava a obra. Sendo bem franco, só por ser um lançamento da Aleph já é meio caminho andado para ser um livro bom. A editora publica livros ótimos, e com este não foi diferente. Infelizmente, não o li no formato fisico, e sim, em e-book, mas o único ponto ruim é que não terei esta belíssima arte de capa na minha estante. Enfim, dinheiro não ta fácil pra ninguém, né? Mas então, quando consegui o ebook da obra não hesitei nem um pouco em ler, e logo no primeiro dia, já havia lido metade do livro de tão ótimo que ele é. Na verdade, existem livros bons, ótimos e este, que não é nem um, nem outro. Simplesmente algo mais. Não dá pra simplesmente classifica-lo em uma destas categorias, ele é simplesmente perfeito e ponto-final. 


No seu aniversário de 75 anos, John Perry faz duas coisas: Visita o tumulto de sua falecida esposa e, surpreendentemente, se alista no exército. Com os novos rumos que a humanidade tomou, sendo colonizadora de diversos planetas e na guerra para conquistar ainda mais, a idade avançada deixa de ser um problema e sim um caminho para uma nova vida, arriscada, porém, radicalmente surpreendente. Sabe se lá o porque mas a idade mínima para servir ao exército das FCD (Forças Coloniais de Defesa) é com 75 anos. Como que um velho de 75 anos irá defender a terra, e as diversas colônias espaço a fora é o grande mistério inicial. Até mesmo quem se alista só fica sabendo muito tempo depois… Mas de uma maneira ou de outra, para John, qualquer coisa é melhor do que permanecer velho e continuar envelhecendo ainda mais a cada dia que se passa.

“Preste atenção: quando se tem 25, 35, 45 ou até mesmo 55, ainda é possível sentir-se bem com as chances de enfrentar o mundo. Quando se tem 65 e o corpo está diante da ruína física iminente, esses ‘regimes e precedimentos médicos, cirúrgicos ou terapêuticos’ começam a parecer interessantes. Então chegamos aos 75, os amigos morrem, e já trocamos ao menos um órgão principal, precisamos mijar quatro vezes durante a noite e não conseguimos subir um lance de escadas sem ficar um pouco zonzos - e dizem que estamos em muito boa forma para a idade.”


Após se alistar o protagonista parte para Nairobi e vai para a espaçonave onde irá passar por uma minuciosa avaliação para, a partir dai, começar o treinamento. Após o término do treinamento, o qual não é nem um pouco fácil, temos a primeira batalha com os alienígenas. E após essa, muitas outras ocorrem. É legal acompanhar esta fase da história, presenciamos o personagem ganhar força e prestigio por seus atos de coragem e além disso conhecemos algumas das raças com a qual a humanidade está envolvida, que são uma mais louca que a outra. Teve um momento em especial que o protagonista se questionou sobre o real motivo desta guerra, ao se ver simplesmente matando seres alienígenas que não representavam perigo com a justificativa de proteger as colônias conquistadas pela terra. Afinal, pra que tanta violência? Porque não tentar ser mais diplomático? A maneira que esta questão é abordada no livro é interessante, porque afinal, não são só os seres humanos que são violentos, muito pelo contrário...  Enfim, super recomendo a leitura. Este livro é um prato cheio para os amantes de ficção cientifica.

17 comentários:

  1. Oi Vini!

    Realmente ser da Aleph é no mínimo ter uma boa edição rsrsrs Gosto de ficção e gostei do enredo e da abordagem, dica anotada!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. A Aleph sempre traz uns livros muito bons, ainda não conhecidos do grande público, e sem dúvidas este é um deles. Anotei aqui na minha lista, pois parece ser uma excelente ficção-científica. E fiquei curiosa pela série, tudo que o Sy-Fy produz fica muito bom, adoro o canal.

    Você, como sempre, trazendo ótimas dicas. Adoro.

    Um beijo,
    Ruh Dias
    perplexidadesilencio.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, Vinicius.
    Caramba, gostei muito da temática do livro.
    É um pouco diferente das demais ficções científicas que vemos por aí.
    Se alistar com 75 anos de idade? Isso é no mínimo estranho.
    E essa de questão de colonização de planetas é muito interessante, ainda mais quando se usa violência sem necessidade.
    Abraços.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  4. Oie! Tudo bem? Esse livro deve ser muito bom, pelo menos é um gênero que curto bastante! E vem conhecer o projeto Poetas Urbanos no meu blog! Espero que goste!
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2016/08/projeto-poetas-urbanos.html

    ResponderExcluir
  5. Oie Vini =)

    Não conhecia o livro, mas gosto muito de histórias com esse tipo de premissa. Fiquei bastante curiosa conforme fui lendo a sua resenha para saber mais sobre o enredo.

    Dica anotada ;)

    Beijos e uma ótima semana para você;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir
  6. ooi!
    esse livro vem gerando bastante comentários positivos e com isso chamando também minha atenção para a obra, devo concordar que a aleph lança muita coisa boa e esse livro deve ser mais uma delas, meu colega leu e disse que gostou bastante. Ansiosa para lê-lo também!
    bjs xxx
    http://lendocomela.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Eu já fico curiosa só quando tem o lançamento da Aleph, nem preciso ler a sinopse para ficar assim igual você haha.
    Certamente irei gostar e já quero muito.
    Adorei a resenha.

    Beijos,
    Naty
    http://www.revelandosentimentos.com.br - Escolha o livro do Top comentarista e participe.

    ResponderExcluir
  8. Um ótimo livro, realmente!
    Adoro este tipo de literatura... Estou louca para começar a ler este livro! Ele têm ótimas criticas...
    Beijos,
    comsuspiros.com

    ResponderExcluir
  9. Um ótimo livro, realmente!
    Adoro este tipo de literatura... Estou louca para começar a ler este livro! Ele têm ótimas criticas...
    Beijos,
    comsuspiros.com

    ResponderExcluir
  10. Acho que nunca li ficção cientifica fiquei curiosa sobre esse livro parece ser o tipo de livro que te prende do inicio ao fim! Parabéns pela resenha!

    Beijos
    Dani Cruz
    blog-emcomum.blogspot.com.br
    Twitter - @blogemcomum / Insta - @blogemcomum / Fanpage Em Comum

    ResponderExcluir
  11. Oi Vinicius! Adoro o gênero! E como já vi várias resenhas positivas dele, vou aproveitar que adorei a sua opinião e colocar ele na minha lista, mas vou ler em breve! Fiquei bem empolgada com seu post!
    Abraços!!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  12. Oi, Vini!
    Eu vi poucas resenhas sobre esse livro, mas todas foram bem positivas. Ele já entrou na listinha de leitura.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  13. Oi
    que bom que achou a leitura perfeita e nossa alistamento aos 75 anos, agora fiquei curiosa para saber se realmente conseguem lutar por algo, apesar da explicação fazer sentindo.

    momentocrivelli.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Oi, Vinícius, tudo bem?
    Também fiquei bem interessado no livro desde que a Aleph lançou, só que infelizmente ainda não tive a chance de ler.
    Li a sinopse, vi e li resenhas e gostei mais ainda.
    Parabéns pela resenha! ^^

    Abraços

    -Ricardo, Blog Lapso de Leitura

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Depois que li sua resenha fiquei bem curiosa para ler... ainda não tive a oportunidade de ler.

    www.donadegato.com
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Olá,
    Não conhecia o livro, mas, achei a história bem interessante.
    Essa editora sempre tem títulos ótimos. Fico feliz que tenha gostado do livro.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  17. Oi, Vini

    Eu não curto muito ficção científica, mas a história desse livro em questão até chamou minha atenção.
    Essa história de alistamento de idosos é bem interessante e original. Fiquei no mínimo curiosa.

    ResponderExcluir

 

Copyright @ 2016 Decidindo-se .

Traduzido Por: Templateism