quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Resenha: Pipocando - Rolandinho e Bruno Bock

Rolandinho e Bruno Bock compartilham, por meio do relato de suas histórias, os tropeços e acertos que levaram o Pipocando a alcançar marcas incríveis – 140 milhões de visualizações e mais de 1,7 milhão de inscritos, transformando-o no maior canal de cinema da América Latina – desde a criação dos primeiros projetos fracassados até o desafio de gerenciar e motivar uma equipe competente. Recheado de segredos, experiências e histórias hilárias, este livro pretende mostrar que o sucesso vem, na maioria das vezes, para quem tem coragem e disposição de sobra – claro, se você tiver café, também ajuda.
Enfim, depois de umas férias não programadas e merecidas do blog, eis que eu crio coragem e cá estou. Gente, sabe que ao longo deste ano eu resolvi ser alguém na vida e arrumar um emprego, pois então, ao passo que desenvolvemos um lado e adquirimos mais responsabilidades, diminui também o nosso tempo livre. Desde de Março deste ano eu venho fazendo de tudo para manter o blog em funcionamento, não do jeito que eu gostaria, mas do único meio possível. A frequência de postagens diminuiu, o que antes saia uma postagem a cada três dias passou a ser uma nova postagem a cada 7/8/9 dias. E a minha ausência nesses quase 20 dias (se não mais) pode ser explicada por simplesmente "eu precisava de um tempo pra mim". Sabe, chegar em casa e não precisar pensar "tenho que ler tal livro pra fazer resenha" ou "tenho que tirar fotos pra tal postagem", são coisas que eu juro que amo fazer, mas que quando é feito sem vontade acaba se tornando uma coisa maçante e cansativa. Além disso, pra ajudar, teve toda a questão do ENEM que teve recentemente. Não vou ser hipócrita e dizer que eu estudei, porque, sendo bem sincero, eu não fui daqueles que colocou a cara nos livros (didáticos) e estudou 99% do seu tempo livre. Não, definitivamente não fui desses. Mas enfim, a tensão é pra todos. Pois afinal, essa temida prova tem o poder de influenciar, e muito, nosso futuro. Enfim, hoje concluo que manter um projeto como um blog não é uma tarefa fácil, aliás, é fácil. Porque eu gosto. Mas, entretanto, contudo, todavia, não deixa de ser algo simples e rápido. É algo que exige muito tempo e dedicação. Isso vale não só para a criação e administração de um blog, seja ele literário ou outro, mas também vale para muitos outros projetos, entre eles, a criação de um canal no Youtube. E é agora que eu começo nossa resenha! (Aposto que vocês estavam achando que eu já tinha esquecido, né?)


O livro Pipocando é mais um livro dessa onda de publicações de livros de Youtubers, mas esse em especial chamou mais minha atenção do que os outros livros do gênero que eu já li. Então, o livro é escrito pelo Rolandinho e pelo Bruno Bock, personalidades distintas e diferentes com uma coisa em comum: O amor pelas câmeras e a paixão pela sétima arte, o cinema. Na primeira parte do livro, cada um dos autores conta como foi que descobriu e montou sua personalidade em cima disso.

O Rolandinho, além de seu nome verdadeiro, fala também, sobre seus primeiros projetos como youtuber em uma época em que esse termo nem existia. Aliás, o youtube em sí nem existia. Ele começou ainda criança a gravar e montar curtas amadores junto com seus amigos, usando câmeras pré-históricas emprestadas ou do colégio. Afinal, isso tanto faz, porque ele estava fazendo o que gostava e compartilhando com quem gostava. Com o passar dos tempos e a inovação tecnológica ele passou a gravar videos de game plays e postar no recém criado Youtube. E o Bruno Bock segue na mesma linha, só que com uma ênfase a mais na criação da Blues, a sua produtora. Simplificando: Os dois marcaram presença em vários projetos no meio digital e desde sempre tentaram manter sua marca nesta imensa rede que é a internet. E hora mais cedo, hora mais tarde, o destino dos dois se cruzaram. Foi parceria certa. Já com a dupla formada, nasceu outros projetos e outros canais, entre eles o Pipocando. O que mais fez sucesso, e que faz até agora.


Mas não se assustem, o livro não é uma autobiografia. Como os próprios autores fizeram questão de explicar, essa primeira parte é só uma introdução para entendermos melhor o que vai se passar em frente. Seguindo, a já mencionada introdução, os dois vão intercalando-se na escrita dos próximos capítulos contando como que é o dia a dia na Blues, a gravadora responsável pela produção do Pipocando (Detalhe, o Bruno Bock e o Rolandinho são sócios e donos da Blues), e os desafios de manter o Pipocando no ar. Além disso, tem também um manual de sobrevivência no youtube, onde os dois dão dicas de como começar um canal e faze-lo crescer com mais eficiência.

Como eu não sou nem um pouco adepto de acompanhar canais no youtube, não é uma surpresa que eu não tivesse conhecido o canal antes de receber o livro. Só fui conhecer depois que recebi o livro e só vi um video do canal após concluir a leitura da obra. Sendo bem sincero, eu me decepcionei. Eles enfatizam tanto que o motivo que faz a diferença entre um canal que faz sucesso e um que não faz é a organização e o empenho sobre ele. E mais do que isso, eles tem o profissionalismo todo presente na elaboração dos videos do Pipocando. Tanto na elaboração do roteiro, na gravação e na edição, tudo é feito com muitas regras e com muito cuidado. Como se fosse um programa de televisão. Mas foi isso que fez com o que eu me decepcionasse, com todos esses elementos presentes eu esperava algo grandioso, mas não foi isso que percebi.

O canal trabalha com videos sobre cinema, jogos e cultura geek em geral, as vezes recebem convidados como outros youtubers para gravarem um video em conjunto. O esquema geral na maioria dos videos é os participantes sentados em um sofá conversando sobre o tema sobre o qual o video em questão irá tratar. Bem simples na prática. E na teoria senti que a maioria dos videos é em tom sério com falas e piadas forçadas. Sem extrovertimento e improviso. Senti falta disso, pra mim, é mil vezes melhor um video em que alguém liga a câmera e sai falando o que vier pela cabeça. Contudo, a leitura do livro foi muito boa, e ele é muito bem escrito. Sem dúvida nenhuma, dentre os livros de youtubers, este em questão, tem destaque merecido. 

22 comentários:

  1. Que massa... ainda não os conhecia
    Gostei do post
    Seguindo seu blog já
    Bjinhos
    naosouapenaslouca.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Vini!!

    Eu não curto muito livro de youtubers porque nunca tem um tema que me atrai, mas confesso que o do Pipocando eu tenho curiosidade, justamente por eles contar um pouco da história deles.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Acho que você descreveu minha vida, kk. Sem tempoo pra nada! Esse ENEM então matoou!!
    Sobre o livro, eu queria ler, pq já conhecia o canal antes. Acho que o modo que escreveram fez você criar expectativas demais.

    ✯ Blog Diamante Turquesa ✯✯ Instagram ✯
    ✯ Siga o blog clicando aqui ✯

    ResponderExcluir
  4. Oi Vinícius, tudo bem?
    Ainda não li nenhum livro de youtubers, apenas porque prefiro histórias de ficção. Mas não posso negar que são livros que atraem, principalmente despertam curiosidade para conhecer os canais. Se você recomenda, vou anotar a dica para indicar a que curte o gênero.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oie,
    confesso que todos os livros de youtubers que i eu não curti então não tenho o menor interesse neste livro.

    bjos
    Blog Vanessa Sueroz

    ResponderExcluir
  6. Olá, Vinicius.
    E depois tem gente que fala que blogueiro ganha livros de graça. Mal sabe o trabalho que dá ser blogueiro hehe. Quanto ao livro eu não tenho interesse em ler. Não acompanho nenhum canal e só assisto algum quando está nas postagens de algum blog.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
  7. Já vi outras resenhas desse livro mas não tão legal quanto a sua, eu não curto muito esse estilo de livro, mas sei que tem um espaço bem grande na literatura atual, sucesso.

    Esteticando-se

    ResponderExcluir
  8. VINÍCIUS!
    Manter um blog realmente demanda tempo e dedicação, porém o mais importante é que façamos com amor e para isso, o tempo de postagem não importa, o que mais importa é que façamos quando realmente estejamos dispostos e descansados para que saiu uma coisa boa e de bom coração.Nada obrigado vale a pena, concorda?
    Desejo que tenha sucesso no Enem mesmo que não tenha estudado tanto quanto queria.

    Em relação ao livro... Bem, não sou muito de ler livros dos youtubers, principalmente daqueles que nem conheço e sigo. Já li alguns e acho que as editoras tem usado apenas como jogada de marketing para vender os livros dos youtubers que fazem sucesso; isso não quer dizer que desmereço o livro, muito pelo contrário, acredito que se incentiva as pessoas as lerem, já estão valendo, apenas eu não gosto da leitura.

    Não desista do blog, por favor! Vá no seu ritmo.


    “Todo o nosso saber se reduz a isto: renunciar à nossa existência para podermos existir.” (Johann Goethe)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de NOVEMBRO com 3 livros + BRINDES e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bem?
    Por causa do ENEM o blog ficou abandonado por meses rs', mas finalmente voltei também, haha!
    Eu já tinha visto sobre a obra, já tinha uma certa curiosidade em saber mais, mesmo eu não gostando de livros assim. Adorei a resenha!

    Beijos ♥
    https://intoxicadosporlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Vini Tudo bem, moço?
    Realmente manter um blog não é fácil, embora muita gente pense que sim. Requer tempo para escrever, pesquisar, revisar. Pede também momentos e atitudes criativas. E com o o trabalho e estudo, e todo o cansaço que isso gera, realmente fica difícil alimentar nosso cantinho como gostaríamos. Mas espero que realmente você não deixe de postar.

    Sobre esse livro eu não li e não quero (a frase pode parecer rude, mas juro que não é meu tom, rs.). Eu, assim como você, não gosto de ver canais de videos sobre livros e afins no youtube. Não tenho paciência, e por isso não cabe pegar esse livro para ler.

    Um abraço.
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Oie Vinicius =)

    Não consigo me sentir atraída por esses livros de YouTubers =(. Com exceção de alguns livros que são de ficção mesmo, os demais me parecem algo para se ato divulgar, sabe?

    Faz fico feliz que você tenha gostado da leitura ^^

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  12. É completamente compreensível o seu sumiço! Esses dias demorei um pouco mais pra postar e já me senti mal, a gente tem um compromisso com o blog, mas acima de tudo temos que fazer nossas coisas, já que o blog é mais um hobby né, um que gostamos muito e nos dedicamos, mas infelizmente não é sempre que dá tempo. Eu to meio tranquila porque andei tendo um tempo de folga e aproveitei pra ler e resenhar bastante, mas se não fosse isso, acho que eu ia apelar pras tags mesmo, porque não né? hahaha.
    Eu não curto essas autobiografias de youtubers, mas ainda bem que esse não é o caso. Gostei de saber que o livro fala das dificuldades deles pra manter o canal e etc, é algo bem interessante.

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Ooi Vinicius, tudo bom??
    A vida adulta acaba com o tempo para o blog, e para tudo né HSAHUSAH
    Adoro o canal do Pipocando mas não sabia que eles tinham lançado um livro,
    Parece ser bem legal misturando biografia com os desafios do youtube, e sobre o manual de sobrevivência do youtube: preciso HUSAHSHU
    Beijoos,
    Sétima Onda Literária

    ResponderExcluir
  14. Oi Vinicius,
    As vezes a gente precisa de férias mesmo.
    Sobre o livro, dos que li de youtubers considero o melhor. Para mim também foi uma boa leitura.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  15. Oi Vinicius!
    É bem importante mesmo tirar um tempo pra si mesmo de vez em quando. Mesmo que a gente ame certas coisas, quando elas viram apenas obrigação deixa de ser tão bom, né?
    Não sou muito fã de youtubers e provavelmente não leria uma obra assim, mas que bom que você gostou! =)
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  16. Oi,

    Amei sua resenha e o seu blog!

    Abraços...

    blogmichaelvasconcelos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Oi, Vinicius.
    Manter um blog ativo não é uma tarefa tão simples pra quem trabalha, estuda e tem outros afazeres, especialmente se é um blog que foque em resenhas de livros, afinal pra ler um livro é preciso ter tempo livre.
    Quanto ao livro, geralmente não me interesso por livros assim.
    Prefiro ver o canal no Youtube, que eu não conheço ahhaaha.
    Abraço.
    Diego || Diego Morais Viana

    ResponderExcluir
  18. Oi! Dá trabalho manter um blog mesmo, ainda mais quando você tem outras coisas para fazer. Férias e tirar um tempo para descansar é muito bom, para não se tornar algo fatigante. Quanto ao livro, não sou de ler livros de YouTubers são poucos que eu faço isso. Bjos ♥️

    Click Literário 

    ResponderExcluir
  19. Oie! Mil desculpas pelo sumiço, mas ano que vem prometo voltar 100% e olha não sei porque, mas não consigo gostar de livros de youtubers, mas talvez algum dia eu leio um! kkkk
    Bjss! Aqui a explicação do meu sumiço! kkkk
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2016/12/defina-2016-com-uma-palavra.html

    ResponderExcluir
  20. Sempre bom separar um tempo para a gente, né?

    Então, livros de youtubers não me chamam a atenção.
    Rola um preconceitozinho legal da minha parte, hahaha.
    Mas, até que no caso desses dois, achei mais interessante, porque amo o universo de cinema.
    Se ganhasse o livro e não tivesse mais o que ler, leria, hahaha.

    Beijooos

    www.casosacasoselivros.com
    www.livrosdateca.com

    ResponderExcluir
  21. Olá, tudo bem?
    Eu não gosto muito de livros nesse tema. Os livros de youtube não despertam a minha atenção, mas parece ser ótimo esse que você resenhou.
    Beijão! ♥♥♥

    http://delineandomundos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

 

Copyright @ 2016 Decidindo-se .

Traduzido Por: Templateism